Início da Página:

Você está na Principal » NOTÍCIAS

ROSIER ALEXANDRE - PROJETO SETE CUMES - RELATO


Menu de Acessibilidade:

ROSIER ALEXANDRE - PROJETO SETE CUMES

Menu de Ferramentas:

Conteúdo da Página:

RELATO

Caros amigos,
Escrevo do Campo Base do Everest (5.350m). As coisas por aqui não estão como gostaríamos. Após a tragédia que vitimou 16 pessoas os Sherpas se reuniram, e estão, com muita justiça, exigindo do governo nepalês melhores condições de trabalho e também assistência familiar em caso de morte.
Rosier, os montanhistas e sherpas
Rosier, os montanhistas e sherpas
Eles pedem ao governo pelo o fim desta temporada, encerrando todas as expedições, mas o Ministério do Turismo não quer fazer isso porque traria prejuízos financeiros, e infelizmente aos governos isso é o que importa. Eles pedem aos líderes das expedições que encerrem suas expedições como protesto ao governo e respeito aos mortos. Houve uma reunião no qual os Sherpas produziram um documento com solicitações ao governo e deram o prazo de sete dias, caso não sejam atendidos deverão fazer uma greve coletiva. Porém não há uma unificação das reinvindicações dos Sherpas, até porque muitos deles ainda estão nos povoados ou em Kathmandu para a cerimônia de cremação de seus amigos e parentes, e esta falta de unificação criou um clima de violência e extremo desconforto.
Cada dia perdido é precioso para uma expedição, mas tem algo maior a ser levado em consideração, estamos diante da maior tragédia que já existiu no Everest em todos os tempos e isso deixou a comunidade Sherpa abalada e precisamos respeitar a sua cultura e o seu sofrimento.
Os próximos dias devem ser decisivos. Na terça vamos descer para Lobuche (4.900m) e de lá vamos escalar o Pico Lobuche (6.150m) como período de aclimatação e em 5 dias devemos retornar ao Campo Base. Se existir um consenso entre os Sherpas em continuar as expedições, nós continuaremos, caso contrário, lamentavelmente devemos cancelar definitivamente a nossa expedição.
Desde já quero deixar registrado que respeito e acato plenamente a decisão dos Sherpas e também não darei prosseguimento a minha expedição se não sentir a segurança mínima necessária.
Mais uma vez agradeço as muitas vibrações e orações de todos vocês. Muito, muito obrigado.
Logo que tiver novas decisões darei notícias.
Recebam o meu abraço caloroso do tamanho do Everest.
Rosier Alexandre

21/04/2014

Imprimir texto Enviar esse texto por e-mail

Últimas


Selo de funcionalidades

As notícias deste site são veiculadas através de um canal rss! O que é isso?

Menu de Acessibilidade:

Fim da página